Tendência na contabilidade: BPO Financeiro

Tendência na contabilidade: BPO Financeiro

Dentre as diversas ferramentas tecnológicas que apresentaram ser tendências na área contábil, como computação em nuvem, sistemas integrados que unem dados do cliente aos de portais governamentais, entre tantas outras que servem de auxílio ao contador e sua missão de lidar com o grande número de dados que devem ser analisados diariamente, mais uma promete mudar o cenário de empresas e seus negócios: BPO Financeiro.

O BPO Financeiro envolve um serviço de terceirização das atividades que não estejam relacionadas com a finalidade principal de uma empresa. Na teoria, isso implica o emprego de maior esforço e atenção nas especialidades da mesma, consequentemente aperfeiçoando a qualidade de produtos e de tratamento ao cliente, enquanto especialistas em finanças utilizam os recursos adequados para traçar planos e estratégias que melhor irão atender a organização.

Independente do tamanho da empresa, a quantidade e complexidade de dados muitas vezes não estruturados resultam na necessidade de ferramentas de análise específicas, que podem ser até mesmo compostas por simples relatórios e gráficos. Porém, mesmo sendo acessíveis, suas elaborações dependem de um olhar mais experiente. O BPO Financeiro cobre essas necessidades e proporciona maior segurança na tomada de decisões.

O contador, por já ter acesso às informações financeiras do cliente, como fluxo de caixa, contas a pagar/receber e faturamento por exemplo, pode trazer benefícios extras ao oferecer serviços personalizados de BPO, como maior controle e redução de custos.

Com todos esses benefícios, que, sem dúvida, irão preparar inúmeros negócios para a era da informação, o BPO não deve ser entendido como uma despesa, e sim como um investimento certo de retorno.

Autora: Fernanda Canazzo

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *