O comportamento da contabilidade para empresas do terceiro setor

O comportamento da contabilidade para empresas do terceiro setor

As instituições de Terceiro Setor são entidades privadas com a missão de se preocupar com questões de interesse público, não possuindo fins lucrativos, mesmo que ainda comercializem bens e serviços o foco desses tipos de organizações não é o lucro de fato, mas sim o desenvolvimento do bem-estar social. As atividades filantrópicas prestadas por essas entidades em sua maioria são financiadas por subsídios governamentais e doações de terceiros, dentro deste sentido é possível entender o motivo pelo qual a transparência deve ser um dos principais pilares deste tipo de empresa.

A contabilidade para o Terceiro Setor tem como objetivo garantir essa transparência das atividades das empresas filantrópicas, como forma de aumentar a confiabilidade dos relatórios produzidos. Essas entidades têm por obrigação a prestação de contas a respeito de como os recursos obtidos estão sendo direcionados para as atividades que se propuseram a executar, neste ponto a atividade do profissional contábil se mostra primordial para aumentar a credibilidade da instituição e consequentemente garantir o recebimentos dos benefícios necessários. Tendo em vista a dificuldade que muitas dessas entidades têm de obter esses recursos, credibilidade perante a sociedade é de extrema importância.

Entretanto, após os recebimentos destes recursos, muita das vezes limitados às necessidades da organização, é preciso fazer a gestão eficiente do capital, como forma de garantir uma aplicabilidade eficiente e sustentável. Os mecanismos contábeis para este tipo de empresa devem-se preocupar em munir os gestores de informações relevantes e precisas a respeito do auxílio nas tomadas de decisão e de maior aproveitamento dos recursos auferidos, é preciso ainda que a contabilidade entenda nos detalhes as atividades exercidas pela organização, como forma de vislumbrar melhorias na aplicação do dinheiro. A contabilidade tem que ter por objetivo trazer melhorias nas decisões gerenciais, e esse suporte a gerência se dá pela emissão de relatórios contábeis confiáveis, que muito além de prestação de contas facilita a visualização dos números da empresa e um prognóstico assertivo da situação econômico-financeira.

Em suma, o posicionamento contábil neste tipo de empresa deve pautar-se muito na Contabilidade Gerencial, deve-se ter um foco onde as informações ali levantadas tragam a garantia de produzir uma gestão capaz de estar sempre em ascensão e cada dia mais eficiente na missão de beneficiar o bem-estar social.

Por Paulo Pires

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *